top of page
  • Revista Bmais

Paçoca de pinhão: culinária sulista

Paçoca de pinhão: culinária sulista

A paçoca de pinhão é um prato típico da culinária sulista, e se destaca por seu sabor único e autêntico, capaz de conquistar paladares exigentes. Mais do que um simples alimento, essa iguaria representa a cultura e tradição das regiões serranas do sul do Brasil, onde o pinhão, semente da araucária, reina supremo.


As origens remontam aos povos indígenas que habitavam as florestas de araucárias. Estes, moíam os pinhões cozidos e os misturavam com outros ingredientes, como carnes e temperos, criando um alimento nutritivo e saboroso. Com a chegada dos colonizadores europeus, a receita se adaptou, incorporando elementos da culinária portuguesa, como o bacon e a cebola.


Ao longo dos séculos, se consolidou como um prato típico da Serra Gaúcha, Santa Catarina e Paraná, regiões onde a araucária é abundante. Sua presença é marcante em festivais gastronômicos e eventos culturais, sendo apreciada por turistas e moradores locais.


Para acompanhar, nada melhor do que um bom vinho tinto encorpado, que harmonize com os sabores intensos do prato. Cervejas artesanais também podem ser uma ótima opção, especialmente as com notas de caramelo e malte.


Ingredientes e preparo


  • Pinhão cozido e moído

  • Carne suína moída

  • Carne bovina moída

  • Bacon picado

  • Cebola picada

  • Alho picado

  • Temperos verdes (salsinha, cebolinha, etc.)

  • Sal e pimenta a gosto


O modo de preparo também é relativamente simples. Em um refogado, frita-se o bacon até dourar. Em seguida, adiciona-se a cebola e o alho para refogar. Acrescente a carne suína moída e a carne bovina moída e cozinha até dourar. Finalmente, junte o pinhão moído, os temperos verdes, o sal e a pimenta a gosto. Misture bem e cozinhe por alguns minutos até que os sabores se integrem.

Comments


bottom of page