top of page

Líderes libaneses são presos em operação policial

Líderes libaneses são presos em operação policial

Uma operação conjunta da Polícia Civil de Goiás e do Ministério Público do Estado resultou na prisão de dois homens de nacionalidade libanesa, apontados como líderes de uma rede criminosa responsável pelo comércio ilegal de vapes em todo o território goiano.


A ação, denominada "Operação Vaporosa", visava combater a proliferação do contrabando e a venda irregular desses dispositivos, que se configuram como um problema de saúde pública crescente, especialmente entre os jovens.


As investigações iniciaram há cerca de um ano, revelaram um esquema sofisticado de atuação da quadrilha. Os libaneses presos, identificados como A.A. e M.M., eram os principais fornecedores de vapes para tabacarias em Goiânia e em diversas cidades do interior do estado. A dupla operava através de empresas de fachada, o que dificultava o rastreamento do dinheiro oriundo do comércio ilegal.


Durante a operação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em diversos endereços simultâneos, incluindo residências, empresas e depósitos. As equipes policiais apreenderam um grande quantitativo de vapes de diversas marcas e modelos, além de computadores, notebooks, documentos fiscais e dinheiro em espécie. A estimativa inicial é de que o valor total dos produtos apreendidos ultrapasse R$ 1 milhão.

Comments


bottom of page